5.10.06

Som


O som moreno, cabisbaixo
moreno de uma forma turva
atarracado, taciturno
acocorou-se no tímpano do mundo

Zumbiu

no restante universo perpetrando
seu sólido resmungo

(iam meninos de bicicleta
eram um bando alado e elegante
fótons em festa
anti-matéria pedalando sem massa
ou nem isso
o som petrificou-os para sempre
agora pedalam pedalam
na mesma esquina do espaço tempo
nostálgicas estúpidas estátuas
morenas como aquele som)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Follow by Email